Aos 70 anos, Ademir da Guia relembra tempos gloriosos

Poucos jogadores envergaram a camisa da Sociedade Esportiva Palmeiras com amor e fidelidade ao clube. E um desses seletos jogadores é Ademir da Guia, ou simplesmente o Divino, maior ídolo da história do clube alviverde, que em 22 de fevereiro completou 50 anos da sua estreia pelo Verdão, e no dia 3 de abril último, 70 anos de vida.
Vestindo a 10 do Palmeiras em 901 partidas, Ademir marcou 153 gols, tornando-se o terceiro maior artilheiro da história do clube, atrás de Heitor (327) e César Maluco (180). Atuou durante 16 anos pelo time esmeraldino – de 1961 a 1977, na famosa Academia. Seu primeiro jogo oficial foi no dia 22 de fevereiro de 1962, contra o Corinthians, no Pacaembu, com goleada do Verdão por 3 a 0 – ele entrou no 2º tempo. Depois, em 1984 fez as últimas exibições nos campos do CMTC Clube e do Estádio do Canindé.
Gênio nos gramados e dono de uma técnica refinada, Ademir tinha um jogo cadenciado, com muita classe – por isso herdou o apelido do pai Domingos da Guia. Formou o célebre meio-campo Dudu e Ademir. “Em toda minha carreira não fui muito de correr, tinha uma técnica como poucos”, gaba-se o Divino, em entrevista ao Jornal do Brás.
Antes de chegar a São Paulo, em 1961, o carioca da cidade do Rio de Janeiro Ademir da Guia começou a carreira no Bangu, atuando por quatro anos nas categorias infantil e juvenil, e um ano como profissional do time.

Injustiçado por Zagallo
Em 1974, conta ele, embora injustiçado pelo então técnico Zagallo na Seleção, o objetivo maior foi alcançado, ao disputar a Copa do Mundo da Alemanha, tal qual fez o pai Domingos da Guia, que jogou a Copa de 1938. O Divino Ademir jogou somente a partida que valia o terceiro lugar, contra a Polônia. “Foi muito gratificante poder merecer a convocação para aquela Copa, estar com o grupo. A possibilidade de disputar um campeonato mundial jogando, é muito melhor”. No Mundial de 1974, o Palmeiras cedeu seis jogadores para a Seleção Brasileira – ele, Luís Pereira, Leivinha, Alfredo Mostarda, Leão e César Maluco.
Anos antes, em 1965, Ademir e todo o time do Palmeiras entraram em campo representando a Seleção Brasileira na inauguração do Mineirão, contra o Uruguai. Vitória maiúscula por 3 a 0.
Ademir vê hoje muitas diferenças entre o timaço da Academia e o de Luís Felipe Scolari. “Na minha época, o Palmeiras contratava grandes jogadores. Montou uma grande equipe, cheia de craques e era mais fácil permanecer o conjunto. Atualmente o jogador não fica muito tempo no clube. Quando o técnico consegue manter uma equipe e esta joga bem, normalmente os jogadores vão para o exterior, porque não pertencem mais ao clube”, opinou o Divino.

Amigos no Operários
Ao visitar o União dos Operários, dia 1º de maio último, Ademir da Guia ficou bastante impressionado com a modernização do clube.
Ex-vereador em São Paulo, Ademir contou, também, que possui muitos amigos no União dos Operários, e que de vez em quando, o convidam para jogar (na foto, joga futebol society). Para ele, é uma grande satisfação e orgulho conviver com as pessoas deste clube do Belenzinho.
“Não me deixam bater pênalti. Dizem que o cobrador oficial é o presidente do clube, o Bira”, brinca.
No Operários, o Divino já marcou três gols. Em abril último, Ademir disputou seis partidas pelo clube. “Joguei bem, inclusive sendo eleito o melhor em campo, e ganhei um troféu. Isso foi muito surpreendente para mim, não esperava estar com esta performance”, disse o Divino, finalizando a entrevista.

Entrevista e Texto: Eduardo Cedeño Martellotta
Fotos: Milton George Thame e Eduardo Martellotta

0 comentários:

Anuncie aqui !!

banner image

Anuncie no Portal E5

Faça seu produto, serviço ou empresa aparecerem aqui no Portal E5 !! Saiba mais , Fale conosco e solicite um orçamento (clicar no formulário abaixo)

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Web Rádio E5 AO VIVO 24h

Web Rádio E5 AO VIVO 24h
Transmissão todos os dias

Web Rádio E5 no Spotify

Web Rádio BOA DEMAIS

Anuncie aqui !!

banner image

Jornal do Brás

Jornal do Brás no Facebook

Web TV E5