Copa 2010 - Análise de Brasil 3 x 0 Chile

terça-feira, junho 29, 2010




Pelas oitavas-de-final da Copa da África do Sul, Brasil e Chile se enfrentaram em Johanesburgo. Tranquilo em campo, o Brasil fez 1 a 0 logo aos 33 minutos, após Juan cabecear firme depois da cobrança de escanteio.
Quatro minutos depois, a Seleção fez o segundo gol com Luís Fabiano, que driblou o goleiro Bravo e tocou para o gol vazio.
No começo do segundo tempo, aos 13 minutos, Robinho recebeu passe de Ramires e cara a cara com Bravo fez o terceiro gol e deixou o povo brasileiro bem feliz.
É uma pena Ramires ter recebido o segundo cartão amarelo e desfalcar o Brasil no próximo jogo.
Vale destacar mais uma ótima atuação de Lúcio neste Mundial. Em todos os jogos, deu a conta do recado, com muita vontade, técnica e determinação.
Vaga assegurada para as quartas-de-final. Na sexta, enfrentaremos a Holanda, que tem 100% de aproveitamento até aqui na Copa. Vamos espremer a laranja e fazer um delicioso suco rumo às semi!

Ficha Técnica de Brasil 3 x 0 Chile
Local: Ellis Park, em Johanesburgo (África do Sul). Data: 28 de junho de 2010, segunda-feira. Horário: 15h30 (de Brasília). Árbitro: Howard Webb (da Inglaterra). Assistentes: Darren Cann e Michael Mullarkey (Ambos da Inglaterra).
Gols: Juan, aos 34 min do 1º T, e Luís Fabiano, aos 37 min do 1º T, Robinho aos 14 min do 2º T (BRA). Cartões: Kaká e Ramires (BRA); Vidal, Millar e Fuentes (CHI).
BRASIL: Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva, Ramires, Daniel Alves e Kaká (Kléberson); Robinho (Gilberto) e Luís Fabiano (Nilmar). Técnico: Dunga
CHILE: Bravo; Isla (Millar), Contreras (Tello), Fuentes, Jara e Vidal; Carmona e Mark González (Valdivia); Alexis Sanchez, Beausejour e Suazo. Técnico: Marcelo Bielsa.
Imagens: Sportv.
Copa 2010 - Análise de Brasil 3 x 0 Chile Copa 2010 - Análise de Brasil 3 x 0 Chile Reviewed by Eduardo Cedeño Martellotta on terça-feira, junho 29, 2010 Rating: 5

Jornalista Eduardo C M é citado no Jornal da Zona Leste

segunda-feira, junho 28, 2010


Relembramos aqui neste blog matéria publicada no Jornal da Zona Leste, do diretor Antonio Carlos Cimino, referente ao Concurso Pizza Mooca, do qual o Jornalista Eduardo C M fez parte da comissão, ao lado de importantes personalidades, como o presidente do C.A Juventus, Armando Raucci e o subprefeito da Mooca, cel. Rubens Casado. A edição é de 24 de outubro a 6 de novembro de 2009.
Leia a matéria na íntegra.
Jornalista Eduardo C M é citado no Jornal da Zona Leste Jornalista Eduardo C M é citado no Jornal da Zona Leste Reviewed by Eduardo Cedeño Martellotta on segunda-feira, junho 28, 2010 Rating: 5

Copa 2010 - Análise de Brasil 0 x 0 Portugal

segunda-feira, junho 28, 2010

Em seu terceiro jogo na 1ª fase da Copa do Mundo, a Seleção Brasileira, já classificada, apenas cumpriu seu objetivo ao terminar em primeiro lugar no Grupo G.
Futebol, pouco se viu nos 90 minutos. Júlio Baptista, que substituiu Kaká, pouco produziu. Dunga deve ficar atento também à dependência do ataque pelo lado direito.
Nilmar, mesmo isolado, teve boas chances. Numa delas, depois de um passe primoroso do "Fabuloso" Luís Fabiano, se esticou e conseguiu concluir a gol, mas esbarrou em boa defesa do goleiro Eduardo, que espalmou para o travessão.
Com sua missão cumprida, vem o Chile agora pelas oitavas-de-final. Se vencer, o Brasil pegará a Holanda.

Ficha Técnica de Brasil 0 x 0 Portugal
Estádio: Moses Mabhida, em Durban (AFS).
Data/Hora: 25/6/2010 às 11h (de Brasília).
Árbitro: Benito Archundia (MEX); Auxiliares: Hector Vergara (CAN) e Marvin Torrentera (MEX). Público: 62.712 presentes. Cartões amarelos: Duda, Tiago, Pepe e Fabio Coentrão (POR); Luis Fabiano, Juan e Felipe Melo (BRA).
PORTUGAL: Eduardo, Ricardo Costa, Bruno Alves, Ricardo Carvalho e Fabio Coentrão; Pepe (Pedro Mendes 18'/2ºT), Duda (Simão 8'/2ºT), Raul Meireles (Miguel Veloso 38'/2ºT) e Tiago; Cristiano Ronaldo e Danny. Técnico: Carlos Queiroz.
BRASIL: Julio Cesar, Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva, Felipe Melo (Josué 44'/1ºT), Daniel Alves e Julio Baptista (Ramires 37'/2ºT); Nilmar e Luis Fabiano (Grafite 39'/2ºT). Técnico: Dunga.
Copa 2010 - Análise de Brasil 0 x 0 Portugal Copa 2010 - Análise de Brasil 0 x 0 Portugal Reviewed by Eduardo Cedeño Martellotta on segunda-feira, junho 28, 2010 Rating: 5

Copa 2010 - Análise de Brasil 3 x 1 Costa do Marfim

segunda-feira, junho 21, 2010







Tarde de domingo combina com futebol e com jogo da Seleção Brasileira na Copa. Assim, entraram em campo na cidade de Johanesburgo, Brasil e Costa do Marfim. Muita esperança e otimismo da torcida amarelinha em mais uma vitória da Seleção de Dunga.
E ela conseguiu. Agora finalmente o time se encontrou em campo e convenceu o torcedor. Mostrando muita vontade, o Brasil chegou logo aos 40 segundos, com Robinho arriscando de fora da área. A bola passou perto do gol. A Costa do Marfim também deu um susto aos 15 minutos. Numa cobrança de falta, Júlio Cesar espalmou. Até que aos 24 minutos veio o primeiro gol do Brasil: Luís Fabiano tabelou com Kaká e na cara do gol soltou a bomba.
No segundo tempo, aos 5 minutos, ele de novo, Luís Fabiano, em belíssima jogada individual, marcou o segundo gol. O "Fabuloso" aplicou dois lençóis, matou a bola no ombro, involuntariamente, e estufou as redes do goleiro marfinense Barry.
E não demorou muito para sair o terceiro: aos 16 minutos, Kaká foi até a linha de fundo e tocou para Elano, que chutou rasteiro no canto esquerdo.
Aos 33 minutos, Drogba escorou de cabeça o cruzamento e diminuiu. Desatenção da defesa brasileira.
Júlio César fez novamente uma grande partida. Kaká melhorou, mas não precisava ser expulso. O Dunga deveria ter tirado Kaká assim que este tomou o cartão amarelo. O "Fabuloso" Luís Fabiano finalmente mostrou a que veio e tem tudo para ser tornar um dos artilheiros da Copa.
Que venha Portugal na sexta - eles golearam a Coreia do Norte por 7 a 0. Mas eu acredito que o Brasil termina em primeiro lugar no Grupo G.

Ficha Técnica de Brasil 3 x 1 Costa do Marfim
Local: Estádio Soccer City, em Johanesburgo ( África do Sul ). Data: 20 de junho de 2010, domingo. Horário: 20h30 (Johanesburgo) e 15h30 (Brasília). Árbitro: Stephane Lannoy (FRA). Assistentes: Eric Dansault (FRA) e Laurent Ugo (FRA). Cartões amarelos: Kaká (Brasil), Tiené, Keita e Tioté ( Costa do Marfim ). Cartão vermelho: Kaká ( Brasil ). Gols: BRASIL : Luís Fabiano, aos 24 minutos do primeiro tempo e aos 5 minutos do segundo tempo; Elano, aos 16 minutos do segundo tempo; COSTA DO MARFIM : Drogba, aos 33 minutos do segundo tempo.
BRASIL : Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Felipe Melo, Gilberto Silva, Elano (Daniel Alves) e Kaká; Robinho (Ramires) e Luís Fabiano.Técnico: Dunga
COSTA DO MARFIM : Barry; Demel, Zokora, Kolo Touré e Tiéné; Yaya Touré, Tioté e Eboué (Romaric); Drogba, Dindane (Gervinho) e Kalou (Keita).Técnico: Sven-Göran Eriksson.
Imagens: Sportv.
Copa 2010 - Análise de Brasil 3 x 1 Costa do Marfim Copa 2010 - Análise de Brasil 3 x 1 Costa do Marfim Reviewed by Eduardo Cedeño Martellotta on segunda-feira, junho 21, 2010 Rating: 5

Copa 2010 - Análise de Brasil 2 x 1 Coreia do Norte

quarta-feira, junho 16, 2010




Johanesburgo, terça-feira à noite, temperatura abaixo de zero grau celsius. Brasil, 15h30, o País parado para assistir a estreia do Brasil na Copa de 2010. Em busca do Hexa.
A Coreia do Norte era uma incógnita. Mas foram eles que deram os primeiros chutes a gol no jogo. A primeira vez que o Brasil conseguiu chutar foi aos 15 minutos com Elano. Primeiro tempo difícil para a Seleção de Dunga. Termina zero a zero.
Vem a segunda etapa, e já aos 9 minutos, Elano tocou para Maicon, que, sem ângulo, chutou para fazer o primeiro gol brasileiro na Copa. Um a zero. Maicon chorou.
Aos 26 minutos, Robinho lançou Elano. O 7 brasileiro tocou na saída do goleiro Myong-Guk e comemorou com o time e o Brasil inteiro os 2 a 0.
Dez minutos depois, o goleiro Julio César fez a primeira defesa no jogo. Quase no final, aos 43, numa desatenção da defesa brasileira, a Coreia diminuiu.
As melhores atuações do Brasil ficaram por conta de Elano, Maicon e Robinho.
A vitória é importante, é sim, valeu, mas para a próxima partida, contra a Costa do Marfim, a expectativa é de uma exibição melhor da Seleção Brasileira.

Ficha Técnica de Brasil 2 x 1 Coreia do Norte
Local: Estádio Ellis Park, em Johanesburgo (África do Sul). Data: 15 de junho de 2010, terça-feira. Horário: 15h30 (de Brasília). Árbitro: Viktor Kassai (Hungria). Assistentes: Gabor Eros e Tibor Vamos (ambos da Hungria). Cartão amarelo: Ramires (Brasil). Gols: BRASIL: Maicon, aos 9, e Elano, aos 26 minutos do segundo tempo; COREIA DO NORTE: Yun-Nam, aos 43 minutos do segundo tempo.
BRASIL: Julio Cesar; Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva, Felipe Melo (Ramires), Elano (Daniel Alves) e Kaká (Nilmar); Robinho e Luís Fabiano. Técnico: Dunga
COREIA DO NORTE: Myong-Guk; Jun-Il, Nam-Chol, Jong-Hyok, Kwang-Chon e Chol-Jin; In-Guk (Kum-Il), Yong-Hak, Yun-Nam e Yong-Jo; Jong Tae-Se. Técnico: Kim Jong-Hun
Imagens: Sportv.
Copa 2010 - Análise de Brasil 2 x 1 Coreia do Norte Copa 2010 - Análise de Brasil 2 x 1 Coreia do Norte Reviewed by Eduardo Cedeño Martellotta on quarta-feira, junho 16, 2010 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.