As primeiras imagens digitais


É uma segunda-feira à tarde, dia 23 de julho de 2007. Estou no Shopping Center Norte, passo ao lado de uma loja de eletrodomésticos e me deparo com uma linda TV de Alta Definição (HDTV) preta da Samsung. Ela mostra a TV Globo com suas primeiras transmissões digitais, que naquele horário transmitia, em caráter experimental, os Jogos Pan-americanos, com o jogo de futebol feminino entre a Seleção Brasileira e a Mexicana.

Eu, é claro, fiquei maravilhado com a nova tecnologia e resolvi assistir um pouco. Que espetáculo de imagem! Limpa, muito nítida, dava a impressão de que eu estava no próprio local do jogo (Estádio do Maracanã). Me pareceu que era um outro canal - não o 5, daqui de São Paulo-SP, porque no intervalo não havia comerciais, nem melhores momentos, apenas a imagem do estádio com as estatísticas do jogo. O som, às vezes sumia, mas teste é assim mesmo.

Este Brasil x México me marcou muito, pois foi a primeira transmissão que acompanhei em uma televisão digital. Deu Brasil, 2 a 0, classificado para a final.
Eduardo Cedeño Martellotta

Jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte pela FMU. Editor Geral, Redator e Repórter do Jornal do Brás (2004 a 2021). Co-autor e Prefaciador de livros e antologias da Editora Matarazzo. Autor do livro "Brás e seus Logradouros - origem e história". Trabalhou nas Rádios DaCidade AM e Terra AM. Criador e Editor do Portal E5 (2010 a 2021).

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem