terça-feira, 11 de setembro de 2018

Escritor relata contato com seres de outras dimensões



Por Eduardo Martellotta

O jornalista, escritor e palestrante Tony Di Terlizzi, autor de “Quem Roubou o Meu Lugar?” e “Pula Pytú”, visitou a redação do Jornal do Brás e disse estar escrevendo um livro sobre seu contato com seres extradimensionais, ocorrido há cerca de três anos. “Desde criança, já tinha sensibilidade, ouvia vozes e tinha visões”, lembrou ele, que procurou a resposta em diversas religiões para essas experiências insólitas.
Houve um período em que Tony ficou sem os contatos. Depois, eles voltaram, disse. Após ele escrever os dois livros citados, um dia Tony adormeceu e se projetou para fora do corpo. “Estava plainando fora do meu corpo, e me via em pé do lado do meu corpo, que parecia um boneco”. Olhando à sua volta, Tony viu quatro moças bonitas, muito bem vestidas, lembrando moças gregas. Então elas falaram a Tony: “Não é sonho. Estamos fazendo contato porque você vai ser transportado para algumas dimensões e saber tudo sobre a vida na Terra. Nós fazemos parte do Comando De Vida na Terra”. Elas vieram de uma dimensão chamada Luz, segundo ele. “Um jato de luz caiu em cima de mim e eu fui transportado para a dimensão delas.  A sensação que eu tive é que eu estava sendo diluído, como um KiSuco, num suco de água, mas minha consciência era normal”.
De repente, por meio de teletransporte, Tony se materializou naquela dimensão em muitas fontes de água, numa claridade imensa, que não era o Sol. “Elas disseram que não havia Sol e nem noite”. De longe, Tony avistou um aparelho semelhante a um arco-íris, que era um reator de energia universal, uma espécie de acelerador de partículas, segundo ele. “Aquele aparelho era o responsável pela minha ida e vinda da Terra, através da energia gerado por ele”, explicou ele, que está em busca de uma editora para o livro, que terá uma sequência cronológica.

Não estamos sozinhos
A finalidade do contato das moças com ele, era mostrar para a humanidade, que não estamos sozinhos no Universo, que não somente na Terra existe vidas, mas também em outras dimensões. Tony se lembrou que esteve num lugar que elas falaram ser o ponto chave do Alto Comando de Vida na Terra, completando que mostraram a ele acontecimentos nos próximos 70 anos na Terra, entre eles prédios caindo e enchentes no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, outros no Vaticano, no Big Ben de Londres, na China e no Cristo Redentor, que despencará no Rio de Janeiro. “A não ser que a humanidade tome consciência e corrija o que está fazendo de errado”, disse.

Reencarnação em várias épocas
Cada dimensão tem seu tempo, segundo ele, mas são tempos divergentes. “Eles falaram que controlam o tempo como o padeiro controla uma massa de pão. O ser humano está aqui como um rato de laboratório, para uma experiência”. A Terra não é um purgatório e nem pena de vidas passadas, de acordo com ele.
O ser que hoje está vivendo em 2018 pode retornar ao ano de 1600, disse Tony. “Nascer novamente no passado. Tudo é presente. Ele pode voltar a 1600 trazendo para aquela época experiências do ano 8600”.
No livro, cujo título provisório é “Um lugar muito além – Tudo sobre Deus e a vida na Terra”, o escritor mostrará quem é Deus, e o que estamos fazendo aqui na Terra. Há vida em Marte, de acordo com ele. “O ser humano não precisa de roupa especial para viver em Marte”. O escritor esteve, em suas viagens astrais, no planeta Marte, em outros orbes e em outras galáxias, e explicou que o Universo não é infinito, tem um fim.
Tony percorreu com os seres, altamente evoluídos, as sete dimensões: Crosta, Umbral, Pré-Umbral, Lar (Colônia Estacionária), Luz, Dimensão dos Evoluídos (Mestres Ascensionados) e Dimensão do Comando Superior do Projeto de Vida na Terra.
Nas suas viagens astrais, Tony viu que o meio de transporte usado é uma cápsula (Câmera de Transporte) onde a pessoa se desloca no espaço numa velocidade impressionante, disse. Entre as moças, acompanhou Tony um líder chamado Ryan, que controla o Projeto de Vida na Terra.

Bônus e Call Center de Orações
Nas Cápsulas de Meditação, disse Tony, a pessoa fica um período revendo as vidas passadas e o quanto de bônus você tem. O dinheiro do Astral é o bônus.
Ele esteve ainda em uma cidade onde há uma espécie de Call Center enorme. Ali eles recebem os pedidos de orações. “Quando oramos aqui, emitimos uma energia, que é captada no Call Center, e numa dessas dimensões, os seres recebem em frente a computadores, que levam para os superiores. Se sua quantidade de bônus lhe permitir, vai chegar para você aqui. Não é milagre de santo”.
Entre outras viagens astrais que Tony fez, verificou que ruas são apedrejadas com joias. “Eles caminham quase flutuando em cima de calçadas de esmeraldas, jade e ouro. É uma riqueza tremenda, mas para eles é normal”.
Tony viu também partidas de futebol em outra dimensão. Não há juiz, um drone acompanha a partida inteira, explicou ele. A única diferença é que são usadas quatro traves. São dois goleiros a favor e dois contra.



Deus, energia feminina
Finalizando a entrevista, Tony Di Terlizzi disse que Deus não é masculino, é uma inteligência que tende para o lado feminino. “A beleza do Planeta Terra, as flores, os mares, as árvores, os passarinhos voando, não são coisas de um ser masculino. Jesus Cristo valorizava muito a mulher”. Contatos com ele no fone 11 95270-1444 ou no seu Facebook.



Compartilhar no WhatsApp

0 comentários:

Web TV E5

Web Rádio E5 24h

Web Rádio Boa Demais

Jornal do Brás

Jornal do Brás - Últimas Notícias

Jornal do Brás no Facebook

Folha de S. Paulo - Em Cima da Hora

OVNIs e ETs

OVNIs e ETs
Site do Portal E5. Tudo sobre Ufologia

Arquivo do Rádio

Arquivo do Rádio
Viaje no tempo e relembre áudios registrados ao longo da história do Rádio no Brasil

Boletins na Rádio Terra AM

Boletins na Rádio DaCidade AM

Categorias