Guarda Luizinho e as lembranças da Praça Ramos

Luiz Gonzaga Leite, assim é chamado o famoso Guarda Luizinho, que trabalhou durante muito tempo na Praça Ramos de Azevedo, orientando os pedestres a atravessarem na faixa de pedestres. "Orientação e Educação no lugar de punição", é o seu lema.







O folclórico guarda de trânsito ainda guarda memórias de quando atuava na Praça Ramos, em frente ao extinto Mappin (hoje Casas Bahia). Dia desses, trouxe à tona essas recordações durante os festejos da antiga Guarda Civil de São Paulo, na AORPM - Associação dos Oficiais da Reserva da Polícia Militar, que este ano comemorou 86 anos.






“Hoje, se sou famoso, é graças a vocês, que transitavam pela Praça Ramos de Azevedo, local onde passavam 1 milhão e 200 mil pessoas por dia e o farol abria e fechava 397 vezes por dia", lembrou Luizinho, que orientava o povo para que atravessasse a faixa corretamente, não permitindo que condutores de veículos ficassem em cima da mesma. Quando isso acontecia, o Guarda Luizinho abria as portas dos veículos e solicitava ao povo que atravessasse por dentro dos veículos !
E quando um pedestre atravessava com farol vermelho, era por ele barrado e após uma aula de educação de trânsito, o presenteava com uma caveirinha. Velhos tempos!

Postar um comentário

0 Comentários

Web Rádio E5 24h

Web TV E5



Web Rádio Boa Demais

Boletins na Rádio DaCidade AM

Boletins na Rádio Terra AM

Notícias da Ufologia

Notícias da Ufologia
Site mais antigo do Portal E5, agora reformulado. Tudo sobre Ufologia.

Arquivo do Rádio

Câmeras CET - São Paulo-SP

Câmera São Paulo-SP