Web Rádio E5 24h

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Vai fazer exercícios ao ar livre? Médico dá 5 dicas sobre como prevenir doenças graves


Além da máscara de proteção contra o coronavírus, especialista recomenda o uso de acessórios de compressão graduada em práticas como caminhadas e corridas




Desde março, com o agravamento da pandemia do novo coronavírus e a orientação das autoridades sanitárias sobre a necessidade de se cumprir o isolamento social, muitas pessoas que costumavam fazer atividades físicas ao ar livre deixaram de praticar exercícios ou começaram a improvisar algumas atividades em casa. No entanto, com o afrouxamento de algumas medidas de isolamento social em diversas cidades do país, muitos atletas amadores ou pessoas que gostam de praticar exercícios ao ar livre estão voltando a frequentar parques e praças para caminhar ou correr, por exemplo.

O médico Gustavo Solano, cirurgião vascular e parceiro da SIGVARIS GROUP, empresa suíça líder no mercado de acessórios de compressão graduada, explica que fazer exercícios ao ar livre é muito saudável, mas o praticante deve se atentar a algumas dicas para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Além disso, o especialista recomenda alguns cuidados extras que podem melhorar, inclusive, a performance dos praticantes:

1. Mantenha distância das outras pessoas: um estudo feito pela Universidade Católica de Leuven, na Bélgica, e pela Universidade de Tecnologia de Eindhoven, na Holanda, mostra que a distância segura entre as pessoas durante a prática de exercícios é de pelo menos 20 metros, uma vez que quanto mais intensa é a respiração, maior a velocidade e a distância que as gotículas percorrem no ambiente.

2. Use máscaras de proteção: além do distanciamento, é necessário usar máscaras com tecido duplo e que, de preferência, tenham espaço para inserir filtros de papel. Dessa forma, reduz-se as chances de o vírus se espalhar no ambiente e contaminar outras pessoas. "O filtro de papel é fundamental também para evitar que se acumule umidade no tecido da máscara, o que permite que o usuário use o acessório sem perder o efeito protetor. É importante apenas se lembrar de trocar o filtro a cada duas horas", diz o médico.

3. Use meias ou canelitos de compressão graduada: em práticas como caminhadas e corridas, que têm um impacto maior sobre as pernas e pés, uma dica muito importante é o uso de meias ou canelitos de compressão graduada durante e depois do exercício. Os acessórios de compressão graduada agem favorecendo a circulação sanguínea e evitando a formação dos coágulos que provocam dores, inchaços e doenças venosas. Além disso, auxiliam na firmeza e recuperação muscular e promovem conforto durante e depois do exercício.

4. Mantenha-se hidratado e tenha uma alimentação leve: durante e após a prática de exercícios, é necessário beber bastante água, a fim de manter a hidratação e auxiliar no bom funcionamento do organismo. A alimentação deve ser leve e balanceada, evitando-se gorduras e doces. Além disso, deve-se evitar o fumo e a ingestão de bebidas alcoólicas ou outras substâncias tóxicas ao organismo.

5. Use filtro solar: muitas pessoas só usam filtro solar quando vão à praia ou a clubes, mas é importante o uso diário desse produto, pois ele impede a ação nociva da radiação ultravioleta do sol e previne doenças como o câncer de pele.

Empresa lança máscaras de proteção e amplia portfólio de produtos para saúde e bem-estar

Visando auxiliar no combate ao coronavírus, a SIGVARIS GROUP lançou a máscara reutilizável SIGVARIS CARE, feita de poliamida e elastano e com reservatório de filtro de papel. A máscara está disponível nos tamanhos P, M e G e nas cores verde, branca e preta. Além da versão tradicional (com alças que se encaixam atrás da orelha), a companhia lançou a SIGVARIS CARE PLUS, com fechamento atrás do pescoço, para diminuir as chances de o acessório escorregar do rosto. Ambas contam com a tecnologia AMNI® VIRUS-BAC, um agente antiviral e antibacteriano capaz de bloquear a contaminação cruzada de vírus e bactérias, o que desativa a ação do novo coronavírus. Além disso, o tecido retém pouca umidade e tem ação antimicrobiana, o que inibe a proliferação de fungos.

Além das máscaras de proteção, a SIGVARIS GROUP conta também com a linha de meias e canelitos de compressão graduada UP 25 (para ser usada durante a caminhada ou corrida e prevenir os efeitos nocivos do impacto decorrente da atividade) e a UP 17 (para uso após a atividade física, a fim de promover uma rápida recuperação muscular). Outra opção é a UP Foot (meia de cano curto que pode ser usada em diversas práticas esportivas e no dia a dia).

As máscaras e meias ou canelitos de compressão graduada podem ser encontradas no e-commerce da SIGVARIS GROUP: http://loja.sigvaris.com.br/.

Sobre a SIGVARIS GROUP

A SIGVARIS GROUP é uma empresa suíça de capital 100% familiar desde sua fundação e líder de mercado global na produção de meias médicas de compressão graduada, com o objetivo de promover saúde e qualidade de vida às pessoas, prevenir e tratar doenças venosas e proporcionar conforto em todos os momentos da vida. A empresa foi fundada em 1864 na cidade de Winterthur e, por aproximadamente 100 anos, produziu "tecidos emborrachados elásticos", comercializado na Suíça e no Exterior. Entre 1958 e 1960, colaborou com o Dr. Karl Sigg para desenvolver meias médicas de compressão para melhorar a função venosa e aliviar os sintomas venosos. O portfólio de produtos foi ampliado em 2009 quando as linhas esportivas, de viagem e de bem-estar, dedicadas ao consumidor, foram acrescentadas à linha médica. As meias das linhas de viagem e bem-estar proporcionam uma função preventiva e aliviam os primeiros sintomas de problemas nas pernas, enquanto os produtos da linha esportiva apoiam o desempenho dos atletas e seu tempo de recuperação. No mundo, são 1,5 mil funcionários, em fábricas na Suíça, França, Brasil, Polônia e Estados Unidos, bem como subsidiárias integrais na Alemanha, Áustria, Reino Unido, Canadá, China, Austrália, México e Emirados Árabes Unidos, com atendimento a 70 países. No Brasil, são 200 funcionários em sua sede, em Jundiaí.

Outras informações
www.sigvaris.group
www.sigvaris.com.br
http://www.programasigmais.com.br/#/
http://www.facebook.com/sigvarisgroup.brasil/
http://www.instagram.com/sigvarisgroup.brasil
http://www.linkedin.com/company/sigvarisgroup-brasil
http://www.youtube.com/user/SigvarisBrasil

Fonte: CDI Comunicação

 


As competências que prometem ganhar o mercado de trabalho no pós pandemia

 "Posições de: Tecnologia/Inovação, Finanças e Recursos Humanos. Estas áreas suportarão as mudanças necessárias nas organizações, bem como a consolidação destes processos", aponta Daniela Verdugo sócia e Headhunter na THE Consulting














Segundo dados do IBGE, divulgados no G1, 12.428 milhões de pessoas estavam desempregadas na quarta semana de junho deste ano. Este número equivale a 675 mil a mais do que na semana anterior. Além disso, a taxa de desemprego ficou em 13,1%, sendo que o maior número registrado, desde o começo de maio, era de 10,5%.

Em meio a este cenário que, para muitos, remete a desespero, Daniela Verdugo, que atua como sócia e Headhunter na THE Consulting, aponta algumas das áreas cujos profissionais podem voltar a sonhar com dias melhores no pós pandemia. "Posições de: Tecnologia/Inovação, Finanças e Recursos Humanos. Estas áreas suportarão as mudanças necessárias nas organizações, bem como a consolidação destes processos", revela Daniela.

"A gente vinha de um processo, principalmente no Brasil, em que as empresas estavam acomodadas em suas marcas e posicionamentos, olhando de uma maneira, talvez, pouco ampla para as oportunidades de negócio e mercado, ou seja: se sou varejo, sou só varejo e, no máximo, vou otimizar os meus canais. Esse é um pensamento que está sendo transformado nessa fase da retomada", complementa a Headhunter.

A empresária também faz uma importante análise com relação a retomada de serviços de modo geral e estabilização financeira do país. "Realmente os impactos tem ampliação sem precedentes do desemprego e queda histórica da ocupação. Neste sentido, falar de retomada é complexo. Mas nos baseando, por exemplo, no ajuste estrutural e reconfiguração econômica da década de 90, foram cerca de 23 anos para recuperarmos os valores mínimos de desemprego", relembra a sócia da THE Consulting.

O processo de recolocação no mercado

Diante do desemprego, uma série de profissionais está repensando sua colocação no mercado e/ou buscando novas qualificações online para quando a situação estiver normalizada. Para estes profissionais, Daniela deixa seu conselho. "É importante pesquisar as empresas que têm ou terão escassez de mão de obra (seja para retomar ou suportar crescimento de demanda)", orienta Daniela.

"Se perguntar quais problemas destas empresas sua experiência ajuda a resolver, e focar sua exposição exatamente nestas organizações. E claro, ao longo do processo entender se existe conexão entre os seus valores e os da empresa. O que na THE Consulting chamamos de "VIP", finaliza a empresária.

Por fim, Daniela enfatiza que o importante é saber aproveitar o momento, embora delicado, para adquirir maior aperfeiçoamento profissional com foco no mercado de trabalho que irá se constituir após a pandemia. "Foque na evolução dos seus conhecimentos, na sua qualificação, e deste modo a inserção no mercado pode ser gradual mas terá mais chances de concretizar", conclui a sócia da THE Consulting.

Sobre a THE Consulting

Consultoria que atua com mapeamento, recrutamento e estudo de estruturas a fim de oferecer assertividade nas apostas de seus clientes. "Nossa metodologia, além de muito assertiva pois se apoia na aderência cultural dos candidatos, também agrega valor informando dados de mercado", explica Dani sócia e Headhunter na THE Consulting.

Para saber mais, acesse: http://theconsulting.com.br/

Fonte: mayara@mrdavinci.com.br

Publicidade

Anuncie Aqui !!

Anuncie Aqui !!

E5 no Facebook

Web TV E5

Câmeras CET - São Paulo

Jornal do Brás

R7 - Notícias

Folha de S. Paulo - Últimas Notícias

Previsão do Tempo

Web Rádio Boa Demais

Rádio Sintonia Norte FM

Boletins na Rádio DaCidade AM

Boletins na Rádio Terra AM

Arquivo do Rádio

Arquivo do Rádio
Viaje no tempo e relembre áudios registrados ao longo da história do Rádio no Brasil

OVNIs e ETs

OVNIs e ETs
Site do Portal E5. Tudo sobre Ufologia

Criador e Editor do Portal E5

Minha foto
Jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte pela FMU. É Editor, Redator e Repórter do Jornal do Brás (2004 a 2021). Co-autor de livros e antologias da Editora Matarazzo. Autor do livro "Brás e seus Logradouros - origem e história". Trabalhou nas Rádios DaCidade AM e Terra AM. Criador e Editor do Portal E5 (2010 a 2021).

Currículo e Portfólio

Eduardo no Linkedin

Arquivo do E5

Total de visitantes