No quesito transporte acessível, São Paulo agora se torna uma referência. É que o Serviço de Atendimento Especial – Atende, voltado para portadores de deficiência e localizado na sede da São Paulo Transporte – SPTrans (rua Santa Rita, 500, bairro do Pari), ganhou novas instalações, totalmente adaptadas a essas pessoas deficientes, no último dia 23 de setembro.
Utilizando 268 unidades (números da SPTrans), o serviço foi criado por meio do decreto nº 36.071 de 9 de maio de 1996. “O Atende é um transporte especial para aqueles portadores de alguma deficiência mais grave que os impede de usar os ônibus acessíveis da frota normal”, explica o presidente da SPTrans, Ulrich Hoffmann. Feito de forma gratuita e porta a porta, conta hoje com 5,5 mil pessoas cadastradas (deficientes e acompanhantes) e até o final do ano chegará a 6 mil, com a inclusão de 25 novos veículos na frota.
O Atende abrange pessoas que vão fazer reabilitação, tratamento e educação, além de facilitar o acesso destas ao trabalho, esportes, lazer e atividades da vida diária. Há cinco meses na Secretaria Especial da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Mara Cristina Gabrilli, presente ao evento, defendeu uma melhor qualidade no atendimento ao deficiente. “Um serviço dessa grandeza não tem em outros países. Há pessoas de Nova York que vieram aqui conhecer a logística do Atende”, completa ela. Mais informações pelo fone 0800-0155234, pela Central de Atendimento 156 da Prefeitura, nos postos de atendimento das Subprefeituras ou no site www.sptrans.com.br

Foto: Eduardo C M (Jornal do Brás)