Tatuapé tem condomínio mais alto da cidade




Eduardo Martellotta 




















Com previsão de entrega em fevereiro de 2021, o arranha-céu residencial mais alto da cidade terá 52 andares e cerca de 160 metros de altura. Localizado na rua Itapeti, 141, o “Gigante do Tatuapé” chama a atenção do povo que passa pelo bairro e se destaca em relação aos outros prédios, virando um novo ponto turístico.
O edifício mais alto de São Paulo continua sendo o Mirante do Vale – Ed. Zarzur, na av. Prestes Maia, com 170 metros de altura.

Audácia ou desafio
Em que pese, entretanto, a aprovação da Prefeitura dessa fantástica obra de imenso impacto social no Tatuapé, cuja grandeza se exalta em moderníssima tecnologia, há que se questionar o ineditismo quanto à permissividade da natureza.
Altivez e perspicácia da engenharia e arquitetura à parte, recorda-se aqui a audaciosa e faraônica obra “Maharishi São Paulo Tower” de 108 andares, vetada em 1999 pelo então prefeito Celso Pitta.
Entrementes, tal a solidez quiçá afigurada, o bairro terá o galardão de magnífica proeza que irá gerar expectativas de estudos de outras semelhantes maravilhas.

Arranha-céus no Brás
Não tão ousados, porém grandiosos e soberbamente convidativos, três novos condomínios estão sendo construídos ao lado da Estação CPTM Brás.












Matéria publicada na edição 375 (2ª quinzena de novembro de 2019) do Jornal do Brás. 
Eduardo Cedeño Martellotta

Jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte pela FMU. Editor Geral, Redator e Repórter do Jornal do Brás (2004 a 2021). Co-autor e Prefaciador de livros e antologias da Editora Matarazzo. Autor do livro "Brás e seus Logradouros - origem e história". Trabalhou nas Rádios DaCidade AM e Terra AM. Criador e Editor do Portal E5 (2010 a 2021).

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem